fbpx

O que me preocupar com a guarda compartilhada de pets?

Guarda Compartilhada para pets

Com quem deve ficar os filhos de quatro patas na separação?

Se você respondeu que se responsabiliza quem cuida melhor, eu digo que está no caminho certo, os pets criam amor por seus donos e, ao perceber que um deles não está mais no seu convívio ele sentirá sua falta 💔

Sabemos que muitos casos a guarda compartilhada se torna um caso de justiça, quem é responsável pelo processo é a Vara da Infância e da Juventude, e sabendo que muitas coisas irão mudar a partir da separação, algumas dicas são importantes:

Procure não mudar muito a rotina dos seus pets

  • Mantenha a mesma veterinária
  • Se possível, continue os serviços como dog walker e/ou creche os mesmos
  • Compartilhem a mesma ração para não haver mudança em sua dieta
  • Não mude a rotina dele quando mudar a casa como horários de passeios ou dormir.

Para definir quem se responsabilizará pelo filhotes de quatro patas, algumas coisas devem ser destacadas:

  • Quem tem mais tempo de convívio
  • Qual será o ambiente mais adequado ao animal
  • Quem o animalzinho possui mais apego
  • Como será a contribuição com as despesas

E é muito importante ficar em observação quanto ao seu comportamento, algumas mudanças poderão ligar um alerta, fique esperto se:

  • Mudar a personalidade
  • Ficar muito quieto ou agressivo
  • Dormir além do normal
  • Parar de comer ou beber água
  • Entre outros sintomas fora do normal

Procure seu veterinário nesses casos.

Esse é um momento difícil para o casal, não deixe ser um momento para o seu pet também 😉

Gostaram das informações? Me conte alguma dica que eu preciso destacar também 😉

Até mais

Acesse nosso Instagram para ver mais dicas: @atendepet

Imagem: Freepik

Rolar para cima